09/06/2008

Plano de Pormenor Alvalade XXI - Metropolis








Arquitectos: CPU e T+T Design
Site do empreendimento: escritórios metropolis
Projectos relacionados: ZON multimédia + Lotes 5 e 6

14 comentários:

arqui_tonto disse...

Bem, o projecto é bastante aliciante e apreciável. Aquela ocupação em volta da estação do metro consegue a continuidade do alinhamento que vem da direita (da imagem) que compõe aquele espaço....gostei do conceito. A estação não sendo das mais bonitas e degradada que está a sua envolvente, de terminal rodoviário já merecia uma requalificação. Já agora é para quando? 2020?

Miguel disse...

o que eu gosto neste blogue é o facto de me anunciar a triste cidade que Lisboa será daqui a uns anos. O "pode ser que" resulta nestas porcarias de projectos, e a cidade é bem irreconhecível nestas fotos e 3d. "Pode ser que" estas coisas não vão para a frente... (vão de certeza, o MAU sempre acaba construído)

Pedro disse...

que exagero "miguel"... tanto existem projectos bons como maus. A visão negativista sobre o futuro de Lisboa não ajuda em nada.

Anónimo disse...

e a torre compave? ja madei um e mail para a camara de lisboa a dizer que se deveria construir a torre compave. é um optimo projecto para aquela zona..e nao vejo o motive pela qual foi xumbado. mandem um email para a camara municipal de lisboa! Vams construir aquela torre! vao ao site da camara.

Anónimo disse...

este "miguel" deve ser daqueles fundamentalistas portistas...

Jmanços disse...

O que mais me enoja não é a qualidade ou não do projecto, é o tempo que se demora a fazer algo.
Este processo decorre à longos anos na Câmara Municipal, se calhar devido ao prejuizo verificado por este facto se investe em projectos mais "em conta" feitos pelos gabinetes dos próprios promotores, ou queriam projectos de autor pagos à tabela (ou mais) à cabeça, quando a construção se verifica a 10 anos e a rentabilização a 20. Uma questão politica, não acham.

Jmanços disse...

O que mais me enoja não é a qualidade ou não do projecto, é o tempo que se demora a fazer algo.
Este processo decorre à longos anos na Câmara Municipal, se calhar devido ao prejuizo verificado por este facto se investe em projectos mais "em conta" feitos pelos gabinetes dos próprios promotores, ou queriam projectos de autor pagos à tabela (ou mais) à cabeça, quando a construção se verifica a 10 anos e a rentabilização a 20. Uma questão politica, não acham.

Anónimo disse...

O que a mim me faz confusão é a falta de planeamento, as coisas aparecem porque lobbies assim o determinam, olhar para a cidade como um todo e ter politicas estruturadas é uma miragem. Não sei nem quero saber se este projecto esta giro ou feio, o que se deveria discutir é se ele teve ou nao razao de aparecer e porquê.
Por exemplo, para quê estar sempre a falar de colocar gente de volta no centro da cidade quando esta-se sempre a construir mais e mais fora dele?
Querer trazer as empresas de volta e depois licenciar escritorios no Colombo e nao só?
Isto é tudo uma manta de retalhos, não há rumo!
Desculpem-me a visão negativa mas é a única que consigo ter sobre estes assuntos.

João Pedro Oliveira
Lisboeta

Anónimo disse...

O projecto combina perfeitamente com o estadio... agora falando a sério, se este projecto fosse de 83,85 ainda se entendia, mas efectivamente o cariz modernista ultrapassado destes edifícios deixa muito a desejar.. até o nome do projecto está ultrapassado...metropolis?

Anónimo disse...

Olhem para a arquitectura de qualidade que se faz no porto (e eu, orgulhoso estudante e habitante de lisboa).
Olhem para a arquitectura corrente das capitais Europeias, e tirme as vossas conclusões.

Esta Câmara, com finalmente alguém à frente do Urbanismo que percebe o que é FAzer Cidade, e a importância de uma Boa arquitectura para a qualidade do meio Urbano, pode ser que marque uma virajem numa cidade há muito (ou quase desde os planos Pombalinos e do Duarte Pacheco), deixada à deriva....

FV

Smacznego disse...

É mesmo disto que Lisboa precisa. Mais volume de construção em zonas já saturadas e com densidades brutais, aliado a conceitos arquitectónicos completamente ultrapassados.

Anónimo disse...

nunca mais constroem isto. em portugal é tudo tao lento, tudo tao mole..

Eduardo Ferreira disse...

O projecto apresentado está muito bom, pois apresenta uma "renovação" da imagem daquela zona da cidade. No entanto, acho que apresenta uma volumetria excessiva, pelo que acho que o actual espaço aberto e inutilizado deve ser aproveitado para alguma construção mas também espaço verde, aproveitando, quem sabe, para uma expansão do Campo Grande para norte. A intervenção na estação de metro é algo positivo, visto que apresenta uma arquitectura que não se enquadra e se encontra um pouco degradada, bem como o terminal rodoviário, que está muito desorganizado.

Anónimo disse...

que aproveite fama de pegada de leão, deixada no apoio central, mais frente alinhada e quebrada

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...